A gestão de mídias sociais é um processo importante e que envolve várias etapas. Isso porque trabalhar com essas plataformas abrange muito mais do que apenas fazer publicações.

É importante ressaltar que, hoje em dia, é fundamental para as empresas estarem presentes nas redes sociais. Portanto, não se trata mais de um diferencial, mas sim de entender o valor que as plataformas têm como canal de comunicação.

Por meio dessas redes, as marcas conseguem estabelecer um relacionamento com seu público-alvo, além de promoverem suas imagens e divulgarem produtos e serviços.

Isso evita que elas percam espaço para a concorrência, uma vez que uma empresa que não esteja presente nesses canais pode, até mesmo, ser esquecida pelos consumidores.

Só que é importante ter uma estratégia bem definida e gerenciar as ações para obter resultados. Isso permite avaliar a eficácia dos esforços direcionados a elas, adequando a abordagem conforme os resultados obtidos.

Para os negócios que estão começando agora, esta não é uma tarefa fácil, pois existem muitas implicações que devem ser levadas em conta.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre o que é gestão de mídias sociais, suas vantagens e dar algumas dicas.

O que é gestão de mídias sociais

Gerenciar as redes sociais vai além de publicar conteúdos frequentemente. Essa atividade envolve a definição da estratégia, planejar o que será publicado, além de monitorar os resultados obtidos.

Se uma fabricante de esquadrias de alumínio SP, por exemplo, deseja gerenciar suas ações nas redes sociais, ela precisa ter um profissional dedicado a isso. Dessa forma, essa estratégia é vista como uma necessidade que traz resultados reais e importantes.

De preferência, deve ser um profissional de marketing, um analista que se dedique em tempo integral para a obtenção de resultados.

Vantagens da gestão de redes sociais

Os benefícios do gerenciamento são muitos. Um exemplo disso é o aumento das chances de fechamento de uma venda. Isso porque a empresa possui uma presença consolidada e fundamentada nessas plataformas.

Pelo fato de as redes sociais fazerem parte do dia a dia das pessoas, as marcas têm acesso a estudos comportamentais que facilitam na montagem das ações.

Portanto, se uma empresa de manutenção de elevadores souber aproveitar essas informações, conseguem atrair e fidelizar mais clientes, gerando novas oportunidades de negócio.

No entanto, essas não são as únicas vantagens trazidas pelo bom gerenciamento das redes sociais. Algumas outras são:

1 – Economia e resultados

As redes sociais possuem um grande alcance, o que facilita na divulgação de produtos e serviços. Mas o alcance depende de investimentos, como anúncios e pesquisas de mercado.

Mesmo assim, o custo de divulgação é bem abaixo quando comparado a outros meios, como TV, rádio, etc.

Uma explicação para isso é o fato de que o perfil de uma empresa nas redes sociais é visto como uma extensão. Isso acaba por facilitar a aproximação do público-alvo.

Então, se uma empresa especializada em auto de vistoria do corpo de bombeiros MG conta com um profissional para gerir as mídias sociais, ela consegue atingir diversos resultados, tais como:

  • Aumento de fluxo no site;
  • Aumento do número de vendas;
  • Alcance de público-alvo classificado;
  • Mais engajamento.

2 – Mais conversão

Por meio do gerenciamento das redes sociais, as ações estratégicas nessas plataformas conseguem impactar as pessoas que realmente têm interesse no produto ou serviço oferecido.

Com isso, a conversão em vendas é facilitada, uma vez que as pessoas com perfis para clientes estão tendo acesso aos conteúdos publicados.

3 – Fidelização

Pessoas que já compraram com uma marca são mais receptivas para os conteúdos publicados pela instituição.

Por isso, esses materiais conseguem estabelecer um vínculo que mantém a empresa na mente do consumidor.

Portanto, se ele precisar de caçamba basculante a venda, vai se lembrar daquela empresa que ele já comprou e que exerce as melhores campanhas nas redes sociais.

Dicas para gerenciamento de redes sociais

A importância de interagir com o público-alvo se tornou prioridade das marcas, por conta do surgimento das mídias sociais.

Mas tanto para conseguir se comunicar bem quanto para divulgar a marca e seus produtos, é preciso gerenciar com ações como:

Conhecer bem a audiência

Antes mesmo de criar um perfil nessas plataformas, as empresas precisam gerenciá-las. Isso porque é fundamental identificar onde está o cliente potencial.

Para conseguir isso, é necessário definir quem é a empresa, para, então, saber com qual público vai falar.

Depois, é necessário entender seus hábitos de compra, seja uma empresa de esquadrias de alumínio SP ou um restaurante.

Os gostos pessoais e as necessidades também são importantes de serem compreendidos, pois somente dessa forma é possível levar até à audiência os conteúdos que realmente são interessantes.

Escolher o que publicar

Para saber o que publicar é necessário ter em mente o objetivo, este pode ser divulgar produtos, aumentar a conversão em leads ou aumentar o engajamento do público.

Após defini-lo, é possível identificar o tipo de publicação que será postada. Vários formatos são possíveis, como vídeos, infográficos, textos, webinars, etc.

Independentemente do quanto será investido na produção de conteúdo, a marca não deve se esquecer de entrar em contato com seus seguidores. Para isso, ela pode optar por outros formatos de conteúdos.

Exemplo disso são os vídeos institucionais, publicações relacionadas a datas comemorativas, além do uso de imagens e gifs.

Definir a frequência das publicações

Toda empresa precisa ter um calendário de publicações, pois dessa forma fica mais fácil seguir um ritmo de postagens e manter o público informado. Além de melhorar as estratégias nas redes sociais, também melhora outros tipos de ação.

Um exemplo disso é se um usuário pesquisar sobre divisórias drywall preço. Aquelas empresas do ramo que tiverem uma frequência bem definida terão conteúdos sempre atualizados, por isso, o usuário as encontrará primeiro no site de buscas.

Para uma organização que esteja começando agora, manter um ritmo nas publicações pode ser mais difícil. Mas conforme a quantidade de materiais cresce, ela consegue melhorar essa estratégia de gestão.

Além disso, a frequência ideal vai depender do objetivo da marca. Por exemplo, se ela deseja gerar mais leads, precisa publicar pelo menos uma nova publicação por dia.

Essa mesma publicação também deve ser publicada em média mais três vezes em dias e horários diferentes da semana.

Então, mesmo que a empresa não tenha um grande arsenal de conteúdos disponíveis, ela sempre terá uma maneira de interagir com o público nas redes sociais.

Interagir com o público

Algo mais corriqueiro do que se imagina é um cliente ir até o perfil de uma marca para elogiar ou reclamar. Essa é uma das possibilidades de interação para os clientes que eles mais valorizam.

Só que as empresas devem estar prontas para saber como agir, independentemente de qual seja a avaliação do cliente. Isso é interagir, ou seja, algo fundamental para a imagem da marcas nas redes sociais.

Jamais o comentário deve ser apagado ou ignorado, além disso a resposta precisa ser adequada, trazendo uma solução para o cliente. Empatia é fundamental e as respostas eletrônicas devem ser usadas de maneira moderada.

Se cada vez que um cliente fizer um elogio a empresa der a mesma resposta, eles vão sentir que estão falando com um robô e não com uma marca humanizada.

Sendo assim, é melhor ser conhecida com uma organização atenciosa e que valoriza seus clientes, do que uma empresa que visa apenas o lucro e não interage do jeito certo.

Analisar os resultados

Para uma fabricante de controlador de temperatura, por exemplo, a melhor maneira de avaliar se está fazendo uma boa gestão das redes sociais é por meio da análise de resultados.

Para isso, é importante definir as métricas. Se uma marca deseja aumentar o número de leads, ela pode ter como métrica o número gerado pelas redes sociais.

No entanto, para obter uma análise realmente aprofundada e que permita identificar quais são as ações que precisam de mudanças, é recomendável que a empresa use uma ferramenta de gestão.

Existem muitas disponíveis no mercado, pagas e gratuitas, e elas podem ser usadas por qualquer tipo de negócio, como as empresas de injeção plastica SP, por exemplo.

Gestão de mídias sociais – Conclusão

As redes sociais são parte do dia a dia das organizações, pois entram na realidade das pessoas.

Onde estão os consumidores precisam estar as marcas. Então, se eles estão nas redes sociais o tempo todo, nada mais necessário do que garantir a presença por lá.

Por meio de um bom planejamento e da execução de boas estratégias, qualquer modelo de negócio pode crescer em um ambiente familiar para o público-alvo, como as redes sociais.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia Também:

Marketing Digital: Confira 5 ações que podem impulsionar o seu negócio