Estratégias de SEO – O SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para os mecanismos de busca, consiste em um conjunto de técnicas para sites, blogs e demais páginas na web, com o intuito de melhorar a classificação nos buscadores, especialmente Google.

As estratégias de SEO se tornou uma das principais medidas adotadas no planejamento de marketing digital.

Afinal de contas, aparecer como um dos primeiros resultados de pesquisa do Google pode garantir o aumento do tráfego orgânico e influenciar diretamente na popularidade do seu site.

De acordo com dados, 75% dos usuários nunca clicam nos resultados de pesquisa que aparecem após a primeira página. Cerca de 18% dos cliques orgânicos vão para o primeiro resultado, 10% para o segundo e 7% para o terceiro.

Além disso, outra pesquisa mostrou que 81% dos clientes realizam buscas online antes de fecharem grandes compras. Por exemplo, muitas pessoas pesquisam por grama sintética onde comprar diretamente no Google.

Por conta disso, cada vez mais empresas adotam as técnicas de SEO em suas páginas, com destaque para a otimização para o Google, visto que 63% de todas as pesquisas são realizadas pelo buscador.

A partir daí, já é possível ter uma ideia do porquê investir em estratégias de SEO. No entanto, a estratégia oferece muitas outras vantagens.

Quer saber mais sobre a otimização SEO? Então, acompanhe o artigo de hoje!

Mas afinal de contas, o que é esse tal de SEO?

Vimos que a sigla SEO vem do termo em inglês Search Engine Optimization, que se refere às técnicas para melhorar o rankeamento no Google.

Mas o que isso significa na prática? Significa que você tem que provar ao Google que o seu conteúdo é o mais relevante e, por esse motivo, merece aparecer entre os primeiros resultados de pesquisa, já que você está oferecendo algo extremamente valiosos aos usuários.

Ou seja, se alguém procurar por refratômetro preço diferenciado, o internauta irá se deparar com a sua página web, trazendo as melhores informações sobre o equipamento, bem como seu valor e outras curiosidades.

Só que o SEO não para por aí. Além do melhor contéudo, é preciso oferecer uma boa navegabilidade e ter reconhecimento no mercado. Por isso, a otimização é uma estratégia que requer muito planejamento.

Afinal, o SEO engloba somente as técnicas de otimização orgânica – isto é, não vale pagar. A conquista da melhor classificação no Google vem por reconhecimento.

Por isso é importante conhecer como os motores de busca funcionam. Desse modo, as estratégias podem ser elaboradas com mais precisão e, assim, a sua página irá conquistar um ótimo rankeamento!

Como os motores de busca funcionam?

Basicamente, os motores de busca funcionam em três etapas: o crawling, a indexação e o rankeamento.

Em primeiro lugar, os buscadores rastreiam quais são os conteúdos da web disponíveis, conforme os termos digitados no campo de pesquisa.

Por exemplo, quando um usuário escreve “aluguel de andaimes preço mais barato”, os robôs do Google (Googlebots) vasculham a internet para encontrar links que tratam sobre o assunto.

Depois, as páginas são rastreadas e indexadas, quer dizer, elas vão todas para uma grande biblioteca de conteúdos. Só depois disso que os Googlebots organizam essas páginas para classificar a ordem de exibição, que é o rankeamento.

É exatamente na última etapa que se concentram todos os esforços do SEO. Assim, a classificação das páginas é feita com base na melhor correspondência dos termos ou palavras-chave digitadas pelos usuários.

Mas não somente isso. O Google leva muito em consideração a experiência do usuário, ou seja, se ele irá realmente encontrar o melhor conteúdo e se o material será o suficiente para sanar as principais dúvidas do leitor.

4 estratégias de SEO para aplicar na sua página web

O Google utiliza mais de 250 variáveis para determinar o posicionamento de uma página. No entanto, não é possível saber todas elas e, tem horas, que nem mesmo dá para aplicar todas essas técnicas em uma única publicação.

Mas existem algumas estratégias que têm oferecido ótimos resultados na busca orgânica.

Segundo dados, os melhores resultados com a otimização constatados por empresas brasileiras foram o crescimento no número de visitantes (77,8%), maior qualidade do tráfego na página (41,8%) e melhor classificação no Google (38,2%).

Por conta disso, separamos algumas das estratégias de SEO para aplicar na sua página web e, assim, conquistar melhor classificação, aumentar o tráfego orgânico e ter uma boa conversão de leads (potenciais clientes). Veja abaixo:

1 – Saiba qual é a intenção do usuário

O SEO não é sobre o que as pessoas estão procurando, mas sim o que elas desejam encontrar durante a pesquisa.

Por esse motivo, um dos pontos que mais se deve levar em consideração é que a estratégia de otimização está intimamente ligada ao Marketing de Conteúdo.

Por isso, o primeiro passo é produzir materiais que foquem na intenção de busca do usuário, para que ele encontre conteúdos que realmente lhe interessam.

Por exemplo, quando alguém digita “porta de aço de enrolar automática preço econômico”, a pessoa não está querendo apenas ver uma propaganda sensacionalista a respeito do produto.

Ao contrário, ela quer ser bem informada a respeito da porta, verificando suas vantagens e descobrindo o porquê do acessório custar um determinado valor.

Esse é um dos maiores desafios da estratégia de Marketing de Conteúdo: compreender as intenções de busca, assim como o Google, para entregar algo relevante aos usuários.

Algumas dicas para produzir um material interessante é:

  • Busque informações em fontes confiáveis;
  • Produza conteúdos em diversos formatos (texto, áudio, vídeo);
  • Use uma linguagem adequada ao público-alvo;
  • Responda às principais dúvidas do usuário.

Vale dizer que o tamanho também impacta na experiência do usuário, embora não seja um fator determinante para o ranqueamento da página.

Lembre-se: o tamanho adequado é sempre aquele que responde aos questionamentos do leitor.

2 – Produza conteúdos escaneáveis

A escaneabilidade sse refere à capacidade de um texto proporcionar uma leitura dinâmica e agradável ao usuário.

Por isso, ao escrever para SEO é recomendado o uso de recursos como intertítulos, listas, negritos e ativos de marketing (imagens, vídeos, etc).

Assim, ao invés de escrever um artigo longo, em texto corrido sobre aquecedores Campinas e região, é válido propor um material com mais “quebras” de leitura. Isso irá melhorar a experiência do usuários e ainda transmitir dados importantes ao Google.

Os intertítulos, por exemplo, são capazes de mostrar ao leitores e aos Googlebots a hierarquia de informações ao longo do texto.

3 – Use as palavras-chave ao longo do texto

As palavras-chave são os termos digitados pelos usuários quando querem realizar alguma pesquisa.

O uso dessas palavras é importante para que o Google faça a indexação correta da sua página, de acordo com a intenção de busca do usuário.

Um exemplo de palavra-chave é “telhas sanduiche onde comprar”. Neste termo, o intuito é encontrar informações a respeito das telhas e, ao mesmo tempo, encontrar uma empresa que venda o produto.

Assim, se o seu negócio trabalhar com telhas sanduíche, é interessante produzir um conteúdo com o emprego da palavra-chave.

Mas não se deve forçar a barra e repetir o termo o tempo todo ao longo do texto. Ao contrário, é preciso ter um planejamento, visto que o mais importante é oferecer um conteúdo relevante ao usuário.

Desse modo, ao tratar de cobertura em policarbonato preço diferenciado, busque usar a palavra-chave ao longo do texto, mas de uma forma que faça sentido para o leitor.

4 – Tenha uma site com boa navegabilidade

Hoje em dia, grande parte dos usuários realiza pesquisas no Google ou em outros buscadores diretamente pelos celulares.

Foi constatado que a primeira posição dos resultados de pesquisa do Google no celular tem uma taxa de cliques de 31,35%.

Outra pesquisa indica que 40% dos visitantes vão para um resultado de pesquisa diferente, se o primeiro não for amigável para smartphones e celulares.

Além do mais, um dos fatores de classificação do Google é exatamente a navegabilidade em dispositivos móveis.

Ou seja, ao elaborar um conteúdo sobre cadeira de barbeiro preço justo, é preciso verificar se o material carrega facilmente em tablets, smartphones e celulares.

Conclusão

A otimização para os mecanismos de busca, ou SEO, é uma estratégia que traz resultados altamente positivos para as empresas. Afinal de contas, todo mundo quer aparecer no Google, visto que o site de pesquisa é um dos “reis da internet”.

Sendo assim, vale a pena conferir quais técnicas podem ser aplicadas aos seus materiais e, dessa maneira, conquistar o aumento do tráfego orgânico e, consequentemente, ter resultados que impactam na geração de clientes e nas vendas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia Também:

Sistemas de Gestão Imobiliário: como ele irá auxiliar sua Imobiliária?